Calm da 4 dicas para começar a meditar em 2020

O app de meditação guiada Calm ajuda a colocar os planos de meditação em prática e fazer de 2020 um ano mais leve, com 4 dicas para quem quer começar.

Este ano uma das minhas vontades é começar a meditar e, neste processo, estou descobrindo os apps de meditação guiada. Um deles, o Calm, trouxe 4 dicas para ensinar como começar neste processo.

Segundo estudo da OMS o Brasil é o país mais ansioso do mundo, e que os brasileiros são os maiores consumidores de antidepressivos e ansiolíticos, daí a necessidade de mudar esta realidade.

O aplicativo Calm, lançado em português em novembro, é o #1 para dormir, meditar e relaxar, e dá dicas de como ser mais feliz e saudável com ideias que se encaixam no seu dia-a-dia.

Ainda vou experimentar e depois compartilho com vocês como foi o resultado para mim, mas logo de cara gostei bastante das dicas para começar com este hábito, veja só:

Apenas 10 Minutos

Mais importante do que meditar várias horas seguidas – o que é considerado difícil por muitos, é meditar todos os dias um pouquinho.

O recurso mais popular do Calm é uma meditação de exatos 10 minutos chamada Daily Calm, que já é o suficiente para aqueles que desejam iniciar a prática de meditação e perceber os resultados de aquietamento da mente e melhor raciocínio no dia-a-dia.

Por 7 Dias

Da mesma maneira que praticar um pouquinho por dia é mais eficiente do que praticar muitas horas em dias espaçados; também é importante começar com objetivos curtos e que possam ser cumpridos.

O programa de 7 dias de meditação traz uma prática de curta duração (10 min), diferente para cada dia da semana, que possibilita no final dos 7 dias perceber os resultados da constância da prática.

Diferentes Temas

Para aprender algo novo diariamente, é possível explorar cada tema e conceito inspirador com conteúdo de áudio exclusivo que fortalece a aptidão mental e combate alguns dos maiores desafios de saúde mental da atualidade: estresse, ansiedade, insônia e depressão.

Defina Sua Rotina

Não importa se é logo após acordar, naquele intervalo do trabalho – que te oferece a chance de respirar melhor e oxigenar melhor o cérebro para continuar produzindo – ou antes de dormir.

Todo momento é potencial para a meditação. Por isso, experimente em diversas situações e horas do dia e mantenha a prática naquele momento que melhor se encaixa no seu dia-a-dia.